• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] Léo e Bia de Fernanda Terra

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: Léo e Bia
    Autor(a): Fernanda Terra
    Editora: Ler Editorial
    Gênero: Ficção / Romance / Literatura Nacional
    Páginas: 256
    Ano: 2016
    Compare e Compre: Buscapé | Site Editora | Amazon
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: "Ela é mistério, cheia de segredos. Ele é bagunçado, cheio de defeitos."
    A Bela e a Fera - Munhoz e Mariano

    Na infância, Maria Beatriz foi levada contra sua vontade para longe de seu pai e de sua amada Santa Maria, cidade linda, no coração do Rio Grande do Sul.
    Mas, nem mesmo a distância ou o tempo foram capazes de apagar as lembranças que ela trazia no coração.
    Hoje, mais madura, ela está ansiosa com sua volta para casa e com o início de uma nova vida na Universidade de Santa Maria, cursando Psicologia. Sua felicidade é tanta que ela se distrai por um momento.
    De repente, no corre-corre do aeroporto, enquanto procurava por seu pai, acontece um esbarrão.
    Era um certo peão...
    E depois disso, a vida de Maria Beatriz nunca mais seria a mesma...

    Léo é estudante de veterinária e se estabeleceu na cidade depois que o pai herdou a Fazenda Palmital do avô. O jovem peão mexe com as estruturas de Santa Maria, não só pelo som de sua caminhonete potente, mas também por todo seu charme e disposição para conquistar uma certa moça que roubou seu coração.
    Léo e Bia nos trazem muito mais que uma história de amor contada por dois jovens do interior. Eles nos levarão por uma trajetória de luta e superação!
    Léo e Bia chegam para encantar vocês com seu jeitinho marrento, mas completamente apaixonante.



    Maria Beatriz está de volta a cidade de Santa Maria no Rio Grande do Sul, depois de 5 anos morando em São Paulo. Pra ela é uma alívio voltar pra sua terra natal, de onde ela nunca deveria ter saído. Ela ama o seu pai João e agora vai poder morar com ele e fazer a sua faculdade de psicologia.



    Ao chegar no aeroporto de Santa Maria, Bia se descuida e acaba esbarrando no homem mais lindo que ela já tinha visto. Léo é um cara simpático e logo tira sarro da falta de jeito dela. Os dois se gostam logo de cara. Além disso, ele é um conhecido de seu pai, então esse encontro não será o único.

    Léo é um cara lindo, másculo, inteligente e bagunceiro. Ele cursa a faculdade de Veterinária e ainda ajuda o seu pai na fazenda. Ele é um verdadeiro peão. Desde o momento que ele pôs os olhos em Bia, ele se apaixonou. Mas resolveu ir com calma para ganhar o coração da moça, já que Bia não era tão fácil assim, a mulher era teimosa e brigona.


    [...] - Meu nome é Leonardo Ávila. Moro em Santa Maria, Rio Grande do Sul - Bia começou a chorar e sorrir ao mesmo tempo, então a peguei no colo. - E me apaixonei a primeira vista por uma linda guria há uns tempos atrás.


    A história já me encantou desde as primeiras páginas, já senti a leveza assim que comecei a ler. A escritora soube trazer aquele ar do campo e nos mostrar uma história com temas fortes, mas de uma maneira simples.

    Os personagens são fortes e algumas vezes teimosos, principalmente Léo e Bia. Eles são muito parecidos, mas nenhum dá o braço a torcer. O amor dos dois nasce devagar, com uma amizade e depois vai evoluindo, nada com muita pressa, o que importava é que eles tinham certeza de estarem se amando.


    Queria apenas encontrar alguém e ser feliz, por isso nunca tive namorado e meu primeiro beijo foi algo catastrófico com um amigo de São Paulo. Eu só queria paz para ser feliz, será que era pedir muito?


    Outra coisa que me alegrou muito foi a escritora ter marcado o sotaque dos personagens, parecia que eu estava no Rio Grande do Sul mesmo. Era engraçado as gírias deles e a forma diferente que eles se referiam a algo ou alguma coisa. É muito bom conhecer outras culturas, mesmo sendo por um livro. Parece que eu viajei para lá e conheci várias pessoas fabulosas.

    Além dos personagens principais temos um grupo que sem eles a história não teria a mesma graça. Amei conhecer Jessy, André, Boi, João, Padre Olávo, Maria Elisa, Luíza e seu Flávio. Todos eles foram parte ativa no relacionamento de Léo e Bia e deram muita força para que o casal ficasse junto.

     
    Uma das partes mais fortes do livro foi quando a escritora fala sobre a questão de tomar remédios controlados mais em excesso e ela deu várias toques sobre esse assunto e como lidar com a situação. E outro momento é quando a escritora toca no assunto do incêndio na boate Kiss, ela quis prestar homenagem aos jovens que se feriram e morreram nessa tragédia. Achei lindo o que ela escreveu e como foi abordado o tema.

    A capa do livro é linda e bem condizente com o enredo, a diagramação é bem elaborada e mostra o lado interiorano, o começo dos capítulos começa com pedaços de músicas a maioria sertaneja. Eu amei essa parte algumas conhecia, mas a maioria era novidade para mim. Vi alguns erros de ortografia, mas nada que atrapalhe a história. O livro é narrado na visão de Bia e tem um capítulo que é na visão do Léo.

    Super recomendo esse livro para todos que gosta de um romance leve, com uma galera bem animada e com temas fortes abordados de forma simples.

    Beijinhos!

     

    9 comentários :

    1. Oi Su!

      O livro tem tudo para ser encantador. Eu já tinha visto a capa nas redes sociais, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha. Gostei de saber dos detalhes no início do capítulo. Sua dica está anotada, deu vontade de ler o livro.

      Bjos

      ResponderExcluir
    2. Eu ainda não conhecia o livro e nem a autora, mas achei sua resenha bastante convidativa, deu aquela vontade de ler. E achei lindo a autora prestar ímã homenagem as vitimas da boate kiss. Espero poder ler o livro em breve

      ResponderExcluir
    3. Oi, não sei porque mas achei a capa feia e não gostei do sinopse e o livro no geral, não me agradou. Acho que não é para mim. Mas que bom que você gostou e mesmo retratando de assuntos fortes, eu não leria.
      bjus

      ResponderExcluir
    4. Oi Su, a capa é realmente linda, esbarrão no aeroporto me fez lembrar de "A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista", gostei da sinopse, amo livros que se passam no Brasil, e com certeza eu daria uma chance para esse.
      Você sabe se tem em ebook?
      Bjs.

      ResponderExcluir
    5. Olá, tudo bem?

      Confesso que não conhecia a autora e nem o livro, mas o que realmente me chamou a atenção foi o fato da homenagem a questão da boate e de abordar o tema de medicação controlada.

      Adorei a resenha!

      Beijo!

      ResponderExcluir
    6. Essa história parece ser bem legal, personagens fortes,teimosos,paixão,campo,sotaque ..hummm tudo isso me atrai muito,também fiquei intrigada com a parte em que você conta a homenagem às vítimas da boate Kiss,deve ser emocionante.

      Vai para a lista...

      bjsss

      Apaixonadas por Livros

      ResponderExcluir
    7. Oi, tudo bem?
      A capa do livro eu não gostei, mas a premissa dele sim, e achei legal e fiquei curiosa com a questão do sotaque dos personagens!
      Bjs

      ResponderExcluir
    8. Suelen-flor,
      Adorei vir aqui e conhecer esse novo livro! Você sabe como adoro romances, especialmente os nacionais. Saber que a autora conseguiu dar vida ao contexto do Rio Grande do Sul me encanta, porque moro na região sul (no Paraná) e meu pai era gaúcho. Já fui ao estado "mais frio do Brasil" e adorei as belas paisagens. O romance me pareceu mesmo leve, daquele tipo que – quando vemos – já terminamos a leitura com um sorriso no rosto. Gostei da química e da simpatia do casal (rs). Quero ler!

      Beijos!
      www.myqueenside.com.br

      ResponderExcluir
    9. Nossa! Esse incêndio foi uma tremenda tragedia que teve repercussão no Brasil todo! Adorei a indicação Su! E parabéns para a autora! Beijo

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D