• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] Real Life - Para o Amor, só existe uma escolha de V. Totta

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: Real Life - Para o Amor, só existe uma escolha
    Autor(a): V. Totta
    Editora: SPZ Editora
    Gênero: Romance / Chick-lit / Literatura Nacional
    Páginas: 286
    Ano: 2016
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Lucya era o tipo de menina que foi obrigada a crescer depois de uma reviravolta em sua infância perfeita. Determinada, não queria ser como sua mãe, ou o que ela havia se tornado. Então ela decide se emancipar...
    Sozinha, ela tem que aprender a sobreviver no mundo adulto, o que a torna uma menina diferente das demais. Ela não segue padrões e não se importa com as opiniões alheias sobre seu corpo ou suas atitudes. Apesar de tudo, ela era feliz assim e tudo estava muito bem... até Josh e Rique entrarem em sua vida.
    Ela havia baixado a guarda e os dois a cativaram de maneiras diferentes. Seu coração estava tomado por ambos. Um era a opção certa, o outro a segura. E uma escolha nunca foi tão difícil...


    Lucya é uma mulher forte, que não tem papas na língua e bem esquentada. Sua vida não foi nada fácil, aos 17 anos ela resolveu sair de casa e deixar para trás sua mãe bêbada e seus irmãos. Não porque ela não os amava, mas por que ela não aguentava mais aquela vida de sofridão. Ela lutou muito até parar onde estar, agora ela trabalha numa empresa de contabilidade e tem o seu próprio cantinho.

    Tudo estava indo bem até que um funcionário novo apareceu na empresa, ele a hipnotizou com seu sorriso lindo, seu corpo escultural, seu humor descontraído e sua insistência. Henrique ou Rique para os íntimos era o típico badboy com suas calças rasgadas, suas blusas pretas e coladas ao corpo, mostrando seus músculos. Ele tem uma banda de garagem chamada BadBand onde Rique é o vocalista. Seu sonho é seguir na carreira de músico e viver disso.

    Ele tinha a típica pinta de badboy. Cabelos escuros, um pouco compridos, caindo nos olhos,
    que também eram negros. Algumas tatuagens. Oh My! O tipo de cara que todas as meninas dariam
    mole e iriam querer ficar perto.

    Em um final de semana, onde Lucya ficou em casa sem nada para fazer, ela recebe indicação de uma amiga sobre um jogo chamado Real Life. Nesse jogo você monta o personagem que quiser e vive do jeito que achar mlhor. é como se fosse um mundo alternativo, onde você conhece outras pessoas e interage com ela. E é lá que ela conhece o Josh. Um homem muito divertido, carinhoso e muito amigo. A amizade vai evoluindo e ele pressiona para conhecê-la pessoalmente. Será que Lucya deve aceitar?

    Logo de cara me identifiquei com a Lucya ela é uma mulher determinada e quem olha de fora a vê como ranzinza, mas isso é pura fachada, um mecanismo de auto-defesa. Ela se preocupa com quem ama e carrega uma culpa muito grande por ter largado os irmãos na mão da sua mãe alcoólatra. Ela nunca se apaixonou, mas quando isso acontece não é só por um homem e sim por dois.


    Rique é o meu favorito, confesso que sou team Rique. Ele é um cara lindo e está sempre por perto para ajudar a Lucya. Ele é determinado e vai quebrando os muros dela até conseguir penetrar no coração de Lucya. E quando o amor deles aflora é intenso e lindo de se ver.

    Josh é o cara certinho, um ombro amigo e sempre está disponível para Lucya. Eu gostei dele, mas não foi tão intenso. Confesso que em alguns momentos fiquei com raiva pois parecia que ele queria atrapalhar o namoro de Rique e Lucya. Mas vi como ele a amava, era aquele amor que o fazia abrir mão de sua felicidade pela dela.

    Josh começava a me conhecer. Ele não precisava me ver, não precisava me ouvir, mas só
    pelas palavras que trocávamos, ele sabia que eu estava cansada, ou não estava bem, ou nervosa,
    como era o caso naquele dia.

    Esse livro é um estilo bem diferente do que a Val escreve é um chick-lit bem divertido e com uma mensagem linda. Eu comecei lendo com muita expectativa e não me decepcionei pois a história foi bem construída e me envolveu de uma tal forma que não conseguia parar de ler.

    A Val abordou dois temas bem interessantes na história. Como disse Lucya tinha irmãos menores e depois de um acontecimento triste ela fica com a responsabilidade de decidir se denuncia sua "mãe" para o conselho tutelar ou não. O que você faria nessa situação? Outro tema abordado foi sobre a aceitação com o corpo. Lucya é um pouquinho acima do peso e ela até brinca com isso na história. Ela aceita sua aparência e não tem vergonha de ter uns quilinhos a mais. Ela gosta de comer, principalmente folheado de queijo e presunto e não tem nenhum problema em dizer isso.

    Mas quando me olhei no espelho, enquanto retocava o batom eu sorri. Eu estava me sentindo muito bem, obrigada. Beijinho no ombro para o senhor IMC.
    Eu estava gata.
    Quente.

    O final pra mim foi lindo a escritora na realidade fez dois finais, o oficial e o alternativo. E com quem você acha que Lucya deve ficar, Rique ou Josh? Eu já tenho o meu preferido e apesar de ter amado os dois finais, o meu favorito foi o final com Rique. Mas vocês só vão saber como tudo terminou se ler.


    A capa do livro é linda e depois que você lê entende o por que daquele celular. A diagramação é linda com cifras de musicas para todo lado, a fonte é do tamanho perfeito para leitura, as folhas são amareladas e a revisão está muito boa. O livro é narrado na visão de Lucya e ela parece estar conversando com você, isso te deixa bem mais próxima da personagem.

    Eu recomendo esse livro a todos que amanhã uma história linda, divertida, com reviravoltas, personagens cativantes e com muito amor.

    Beijinhos!


    11 comentários :

    1. Oiii Su
      Ai eu amei sua resenha. Como sempre vc arrasa e me emociona com suas palavas. Lucy foi um desafio. Acho que foi a primeira personagem a qual eu dei ouvidos e fiz o que ela queria, e não o que EU queria. No final, acho que essa interação deu certo. Além disso eu fugi da minha zona de conforto, o que me fez gostar ainda mais dessa história.
      Muito obrigada pela linda resenha e pelo carinho e apoio, sempre.

      ResponderExcluir
    2. Oi, amei a sua resenha, e mesmo fugindo de triangulos amorosos, eu leria pois sua resenha aguçou a minha curiosidade. Fiquei curiosa para saber como Lucya consegue passar a vida agora que está emancipada e como ela lida com a opinião das pessoas. E fiquei curiosa para saber com quem ela fica.
      bjus

      ResponderExcluir
    3. Ooi
      Amooo chic-lit, e esse parece ser ótimo!
      Deu até uma vontadezinha de ler agora haha Ao contrário de muitos, eu gosto muito de ler sobre triângulos amorosos. Sim, gosto de sofrer kk
      Beijoos!
      www.estantemineira.blogspot.com

      ResponderExcluir
    4. Oi! Não conhecia o livro ainda, mas adorei a resenha! O livro parece, realmente, ser ótimo. Além disso, sou apaixonada por chick-lit! Vou anotar a dica ;)

      Beijos!

      ResponderExcluir
    5. Nooooossa Su, você me fez lembrar do jogo Second Life, jogava na minha adolescência, rsrsrs, obrigada pela boa lembrança. O enredo me chamou muito a atenção e se tiver a oportunidade eu lerei, a diagramação é realmente linda hein.
      Bjs.

      ResponderExcluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    7. Eu adoro a V. Totta e um chick-lit com humor escrito por ela só podia ser maravilhoso! Tem até final alternativo pra agradar mais!

      Com certeza vou ler, já coloquei na lista de próximos.

      Thunder Wave

      ResponderExcluir
    8. Olá, tudo bem?

      Esse lance de dois finais, de final alternativo, até é legal, mas... não me convence. Me dá a sensação de que o autor se importou mais em agradar os leitores do que em contar a real história que escreveu. Mas, enfim, é um gosto muito pessoal meu.

      Lendo a sua resenha, confesso que achei que o Josh fosse a escolha incerta, mas pelo visto, é o Rique e ainda assim, acho que fica com ele. rs

      Bom, só lendo, né?

      Beijo!

      ResponderExcluir
    9. Oi Su! Amo me sentir perto dos personagens, amei a maneira que levou a resenha e apresentou essa obra nova para mim! Beijos amada

      ResponderExcluir
    10. Oi, Suu. Eu amo livros com finais alternativos. Confesso que ainda não conhecia esse livro da Val. Estou acostumada aos livros hots dela, e essa mudança de estilo me surpreendeu bastante. Estou curiosa para conhecer seu novo livro e espero gostar tanto do Rique como você gostou, pq ele faz mais meu tipo de personagem favorito.
      Beijos,

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D