• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] A Coleira de Nana Pauvolih

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: A Coleira
    Autor(a): Nana Pauvolih
    Editora: Multifoco
    Gênero: Romance Erótico / Literatura Nacional
    Páginas: 200
    Ano: 2016
    Compre: Amazon
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Segunda edição de A coleira, primeiro livro publicado por Nana Pauvolih. Nova revisão e design de capa.
    O que você faria se pudesse salvar as empresas de sua família da falência? Aceitaria a proposta de ir para a cama de um homem rico, frio, lindo, que mexeu com você desde que a fitou pela primeira vez? A jovem Lorenza tinha apenas dezessete anos quando conheceu Miguel Montês. Mas nunca o esqueceu. Em meio a acordos desonestos e fuga, ela acabou parando na cama dele seis anos depois, obrigada a usar uma coleira e ser prisioneira de um homem que queria cobrar velhas dívidas do passado. De uma louca e intensa atração, permeada por dramas e cenas altamente sensuais, Lorenza vai descobrir o amor de uma forma única, densa, voraz.


    Lorenza é uma menina de 17 anos e mora com seu pai Otávio. Ela vive uma vida como uma adolescente qualquer. Seu pai está enfrentando problemas com sua empresa e para tentar salva-la ele se associa com Miguel. Só que Miguel faz uma exigência, para ajudar Otávio a salvar a sua empresa ele deveria deixar Lorenza ser sua amante. Otávio aceita o acordo, pega o dinheiro de Miguel, paga os funcionários e foge com Lorenza para Portugal não cumprindo a promessa de dá-la como amante a Miguel.


    Eu jurara que nunca mais voltaria ao Brasil. Saíra de lá com meu pai, praticamente fugida e, apesar de não ter nenhum problema com a lei do meu país e de estar fora há tempo demais para que alguém se lembrasse de mim, eu tivera medo de voltar. Contudo não conseguira resistir. Há mais de dois anos, desde que meu pais falecera, meu desejo de voltar à minha pátria só tinha aumentado. E eu acabara me convencendo de que não havia perigo. Tudo havia esfriado.


    Seis anos se passam e Otávio morre, deixando Lorenza sozinha. Por ter se passado tantos anos Lorenza pensa que Miguel se esqueceu do golpe que havia sofrido então ela resolve voltar para o Brasil e vai visitar uma prima. Quando chega a casa ela estranha, pois sua prima não está, quem a recebe é uma senhora, mas Lorenza não acha nada demais. Só que era uma armadilha e depois de ter sido sedada, Lorenza descobre que a casa da sua prima agora é de Miguel e ela vira uma prisioneira, tendo que usar uma coleira.


    Respirei irregularmente, sentindo o coração acelerado de medo. Levei as mãoes ao pescoço. Uma argola de metal o rodeava. Uma corrente saía dela e prendia-se no ferro do espaldar da cama.Empalideci. Eu estava presa.


    Assim que comecei a ler o livro já desconfiei do Miguel, ele já um homem formado fazer uma proposta indecente sobre uma adolescente já diz que ele não é flor que se cheire. Não achei certo o que o pai de Lorenza fez, roubar não seria o melhor meio de acertar as coisas. Então para mim os dois erraram. E quem mais sofreu nessa história foi Lorenza, pois ela teve que pagar pelos pecados do pai.


    Ser presa como animal não deve ser fácil e foi assim que Lorenza ficou. Ela foi humilhada, mas mesmo assim não abaixou a cabeça. Não tinha como enfrentar fisicamente Miguel, mas ela tentou fugir, mas sofreu muito por isso. Pra mim ela foi muito forte e tentou não se abater pela situação que estava vivendo. Só que desde que ela viu Miguel há seis anos ela se sente atraída por ele e essa atração vai deixa-la dividida. Ao mesmo tempo em que Lorenza sente ódio dele, ela sente atraída e vai chegando a ficar dependente dele.


    [...] O rancor e a humilhação pesaram em meu peito. Senti a batalha dentro de mim, entre o desejo louco que eu sentia e a raiva e a vergonha de me tornar uma escrava, totalmente dependente do que ele quisesse fazer comigo.


    Miguel é um homem bem vingativo, aquele tipo de pessoa que nunca vai esquecer se você pisar na bola com ele. Mas conforme a história vai avançando, vamos vendo quem é o Miguel de verdade. Um homem que sofreu abusos desde pequeno e que teve uma criação totalmente ao contrario do normal. Senti muito pena dele quando soube tudo que ele passou. A maior vilã de toda essa história é a mãe de Miguel, uma mulher mesquinha e maluca.

    Nesse livro a autora aborda um tema muito polêmico, mas que não é abordado tão abertamente que é o abuso a homens. Eu fiquei chocada com tudo que li e como isso pode mudar drasticamente a vida de uma pessoa. O pior é saber que a pessoa que deveria cuidar e proteger é a que causa toda a dor e sofrimento para uma criança. A Nana soube abordar o tema de uma forma amena e muito explicativa. Isso me alertou para muitas coisas.

    O final para mim foi lindo e me deixou muito satisfeita com o desenrolar da história. A Nana soube encaminhar todos os personagens e depois de tanto sofrimento fazer com que eles tivessem uma vida feliz.

    Eu li o livro em e-book e comprei a versão com áudio. Confesso que nunca tinha ouvido um áudio-book, no caso do livro da Nana somente alguns trechos tem áudio e amei a experiência, pois a história fica muito mais real. Queria ter ouvido o livro inteiro. Kkkkk. Mas não se preocupe, pois tem versão sem áudio também. A capa é clara e condizente com a história. A diagramação do livro é simples, não houve erro de ortografia. O livro é narrado na visão da Lorenza.

    Recomendo esse livro a todos que amam uma história repleta de vingança, atração, amizade, amor, companheirismo e claro, cenas quentes.

    Beijinhos!


    15 comentários :

    1. Olá
      Deve ser uma loucura essa ambientação e mal consigo imaginar algo assim. A temática sobre o abuso aos homens realmente é pouco explorada, mas muito polemica mesmo. Eu realmente fiquei curiosa sobre esse desenvolvimento e gostaria de poder ler também.
      Beijos, Fer
      www.segredosemlivros.com

      ResponderExcluir
    2. Oi, Suelen! Adorei a premissa desse livro, chamou muito minha atenção. Concordo com você em relação aos erros de Miguel e do pai de Lorenza, ambos fizeram péssimas escolhas e a protagonista deve sofrer bastante graças a eles. Achei muito interessante a autora ter abordado esse tema tão delicado que é o abuso, ainda mais o de homens. Adorei sua resenha. Vou adicionar o livro a minha wish list. Beijos.

      thehouseofstorie.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    3. Oi Suelen eu leio a Nana desde muito antes dela assinar o contrato com a Rocco, na época que ela ainda escrevia no wattpad e publicava apenas na Amazon e eu li esse livro nessa época. Lembro que só tinha físico e comprava diretamente com ela. Então, não preciso dizer que sou fã dela, acho a escrita dela envolvente e essa trama de vingança nos prende do começo ao fim. Amei matar as saudades desse casal. Beijos

      ResponderExcluir
    4. Oi Suelen, tudo bem?
      Conforme fui lendo a sua resenha, fui sentindo um ódio imenso por Miguel por exigir algo tão absurdo em negócios: uma mulher, sem nem mesmo se importar com a sua permissão. Mas aí fui percebendo que o livro mostra lados diferentes e que há uma grande razão por Miguel ser quem ele é, por conta da criação que teve, e creio que muitos homens do Brasil devem ter sido abusados de maneira semelhante. Fiquei intrigada com a premissa, mas deixarei passar a dica por conter cenas hot, algo que não me agrada muito na literatura.

      Beijos! ♥

      ResponderExcluir
    5. Olá,

      Eu conheci a Nana pessoalmente num evento que teve aqui na minha cidade, e lá a autora falou um pouquinho de todos os seus livros, esse foi o que menos ela falou, então eu não sabia o que esperar ao ler sua resenha. Gostei bastante da premissa e desejo muito lê-lo para saber como a história do "casal" se desenrolará. Dica anotada!

      Beijos,
      entreoculoselivros.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    6. Oi, flor.
      Acho que não leria por romantizar a exploração sexual de menores e o cárcere privado de mulheres. Quero dizer, nessas situações levar a protagonista a desenvolver afeto é doentio. Mas gostei dos pontos altos do livro, especialmente a abordagem ao abuso masculino.

      Beijos!
      www.myqueenside.com.br

      ResponderExcluir
    7. Olá!
      Julgando pela capa, eu juro ter pensado que esse livro era um Hot ou algo do tipo, parece muito! Mas fiquei surpresa ao saber que é algo totalmente diferente do que eu imaginava. Fiquei curiosa com essas questões polemicas abordadas pela autora, é algo difícil de se entender e muitas pessoas julgam a leitura por isso, mas eu leria com certeza! Vou colocar na lista.
      Beijos,
      Nay
      Traveling Between Pages

      ResponderExcluir
    8. Oi, tudo bem? Não sei se seria capaz de ler um livro com um enredo e ambientação como essa no momento. É um cenário bem diferente pelo que li na sua resenha, confesso que achei que ia ser mais um clichê desse que as vezes encontramos em romances eróticos, mas aparentemente ter um tema polêmico e que dá diferencial a história. Boa dica, beijos.

      ResponderExcluir
    9. Olá Suelen,
      Quando vi essa capa pensei uma coisa completamente diferente da trama e já estava bem decidida a não ler, mas sua resenha me convenceu. Pensei que o pai de Lorenza a entregaria e achei isso um absurdo! Apesar de ter achado errado o que Miguel pediu e o que pai de Lorenza fez, acho que ele fez isso em um momento de desespero e que muitos fariam o mesmo no lugar dele. Estou me perguntando o que aconteceu com Miguel para ele ser uma pessoa assim e fiquei curiosa para ler.
      beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    10. Olá!
      Confesso que não curti esse livro e a coisa que mais me fez pensar isso foi a capa, que para mim passa uma ideia totalmente diferente da história do livro. Não leria agora, mas quem sabe mais para a frente?
      Beijos.

      ResponderExcluir
    11. Oi, tudo bem?
      Nossa primeiro que independente do que o Miguel já tenha sofrido na vida a proposta que ele fez foi totalmente nojenta e acho que quando a Loreza volta e ele faz essa armadilha e coloca uma coleira nela se torna ainda mais detestável ao meu ponto de vista. Tenho certeza que eu odiaria esse livro de verdade. Não gostei nem um pouco da premissa apresentada.
      Bj

      ResponderExcluir
    12. Oi, tudo bem?
      Eu não conhecia o livro, mas de cara não curti ele, pois não achei a capa legal e não gosto de histórias eróticas. No entanto, é interessante os assuntos abordados, mas acredito que não iria gostar da história. Enfim, gostei de conhecer o livro, mas dispenso a leitura.

      Beijos :*

      ResponderExcluir
    13. Nossa, realmente o tema choca, imagina ser presa e ficar humilhada a este tipo de coisa, mas o pior é que tem gente que gosta e que faz coisas piores com as mulheres mesmo. Achei que fosse um livro que iria tratar disto de uma forma legal mas gostei por ver que trata de uma forma cruel.

      Beijos,

      Greice Negrini

      Blogando Livros
      www.blogandolivros.com

      ResponderExcluir
    14. Oi Su,
      Confesso que pela capa, não seria minha primeira opção, mas pense no quanto fiquei surpreendida em ler a sua resenha e ver que a história é bem diferente do que imaginava. O assunto de abuso em uma maneira geral, não é fácil de construir, é preciso saber conduzir a história sem extremos. Fiquei bem curiosa para saber como Lorenza fiquei no meio disso tudo, a curiosidade estarem 90% agora.
      Bjim!
      Tammy

      ResponderExcluir
    15. Oi Suelen, tudo bem?
      Eu sou suspeita de falar pois adoro um bom romance erótico, gostei bastante da proposta desse livro e com certeza já coloquei na minha lista de leitura! parabéns pela resenha!

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D