• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] A Garota do Calendário - Maio - Livro # 5 de Audrey Carlan

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: A Garota do Calendário - Maio
    Autor(a): Audrey Carlan
    Editora: Verus
    Gênero: Erótico / Literatura Estrangeira / Romance
    Páginas: 144
    Ano: 2016
    Compare e Compre: Buscapé
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.

    E chegamos ao mês de Maio e Mia está viajando para o Havaí. Seu novo cliente é um estilista e fotógrafo que contratou Mia para ser sua modelo plus size. Seu cliente é casado e não quer nenhum envolvimento com ela, mas nem por isso Mia vai ficar sem companhia. Nessa ilha paradisíaca Mia via conhecer Tai, um samoano lindo com tatuagens em metade do corpo. Um moreno de tirar o folego, estilo The Rock e que vai fazer a estadia de Mia no Havaí valer a pena.

    Nesse livro da série vamos conhecer as culturas do Havaí, Tai além de ser um companheiro sexual de Mia é também o seu guia e vai leva-la a vários lugares lindo na ilha. Ele vai apresentar a sua cultura e o seu costumes, mostrar como a família é importante para ele e como ele gostaria de encontrar a sua outra metade.

    Pessoas como ele, boas e gentis, que vêm de famílias estruturadas, geralmente se dão bem na vida. Tai merecia isso.

    Nesse livro Mia não está tão tensa e se diverte a todo o momento. Ela deixa as preocupações de lado e se entrega ao prazer a as amizades que ela faz. Tai se torna um amigo para ela, apesar de ela não querer ter um relacionamento com ele, Mia reconhece que ele é um homem bom, amigo, carinhoso, amoroso e muito família. Qualquer mulher que ficar com ele vai ser uma sortuda. Mas enquanto esse dia não chega ela aproveita de todas as formas e tem cenas bem quentes entre os dois. Ele é um parceiro feroz e a deixa louca. Acho que de todos os homens ele é o que eu mais gostei tirando o Wes.

    Não era amor que nos mantinha agarrados um ao outro. Era amizade, desejo e felicidade.

    E por falar em Wes ele dá o ar da sua graça nesse livro, uma passagem curta só para mostrar que ele ainda espera por Mia e que a quer. Em minha opinião acho que Mia deveria jogar tudo para o alto e se jogar em Wes, mas também entendo que ela não queira depender dele para pagar a dívida do pai, fora que ela está aproveitando muito esse trabalhos que  está fazendo e bota aproveitando nisso.

    Você está perdida e em uma grande jornada. Não tenha medo. Vai encontrar muitas alegrias antes de se comprometer com seu ‘para sempre’

    Vemos o lado mãe da Mia, já que sua irmã Maddy está em um relacionamento sério e quer até mesmo se casar com Matt. Ela não aceita que sua irmã, que tem apenas dezenove anos, já se amarre a um casamento e se torna super arredia, mas também entende que ela precisa de alguém ao seu lado e vê em Matt uma ótima pessoa.


    Esse livro também tem umas partes bem engraçadas. Mia não consegue ver que sua irmã cresceu e já é uma mulher e por isso fica toda encabulada quando Maddy faz perguntas mais sexuais. Ri muito da forma como Mia falava e como ficou nervosa, sua amiga Ginelle, que não vale nada, ajudou a arrancar risadas dos leitores. Amei essa parte. Esse mês de Maio para mim foi muito legal e isso me motivou a continuar lendo os livros da série.

    A capa do livro como sempre é linda. A diagramação é simples. As folhas são amarelas e a fonte ótima para leitura. O livro é todo narrado na visão da Mia. A Editora Verus está de parabéns pela edição.


    10 comentários :

    1. olá
      ainda não comecei ler a serie eu adoro essas capas mais fico com um pé atras darei uma chance futuramente.

      Bjjs

      ResponderExcluir
    2. Oi Suelen!
      Mulher tu acredita que eu fiquei com vontade de ler essa série só porque a autora é a coisa mais fofa desse mundo? Sério, ela é mto amor!
      Eu só tenho os tres primeiros e pretendo completar o resto da série pra começar a leitura, acho que da pra ler rapidinho, os livros são pequenos e a leitura é ágil ne?
      Mas pera, modelo plus size? A mia?! kkkkkk socorro!
      Parece q esse livro é mesmo engraçado, ja queroo!
      bjs
      Jo Scarreiro

      ResponderExcluir
    3. Não sinto atração por esta série de livros. Acho 12 um número absurdo para uma mesma história (que só parece se repetir em lugares diferentes). A unica coisa que achei interessante neste livro é o fato de contar coisas sobre a cultura hawaiana. =)

      Vícios e Literatura

      ResponderExcluir
    4. Olá.
      É uma série que todos gostam, mas não me atrai. A premissa é boa e sua resenha está ótima.

      ResponderExcluir
    5. Esse é o próximo livro da série que eu preciso ler. Adorei a sua resenha, sem contar que o Havaí é o Havaí né?!

      ResponderExcluir
    6. Olá Su
      Eu li até Março, os próximos livros estão na fila e vou ler eles em breve ;)
      Gostei de saber que em Maio ela vai para o Havaí :D
      Beijinhos
      Renata
      Escuta Essa

      ResponderExcluir
    7. Oi Su!

      Estou louca de vontade de ler essa série, mas infelizmente ainda não tenho os livros e vou ter que esperar mais um pouco. O livro de Maio tem tudo para ser um livro muito bom e minha expectativa pelos livros aumentou ainda mais após ler sua resenha.

      Bjos

      ResponderExcluir
    8. Oi Su, tudo bem?
      Já tinha o conhecimento dessa série e apesar da sua resenha estar incrível, não me sinto atraída pela história dela, acho que por causa de não ser o meu gênero preferido.

      ResponderExcluir
    9. Oi, Suelen!
      Comecei a ler A Garota do Calendário sem pretensões, e a história da Mia é bem divertida, ótima para passar o tempo. Eu parei no mês de Março, mas com certeza vou continuar a série. Gostei de saber que Wes aparece no mês de Maio, torço bastante por eles dois!
      As partes da Mia com a amiga sempre são engraçadas! kkk

      Beijos!
      Eli - Leitura Entre Amigas
      http://www.leituraentreamigas.com.br/

      ResponderExcluir
    10. Oi Su!
      Apesar de ter adorado o Tai e até mesmo a relação com a família dele, não consegui me convencer com os dois. Achei muito rápido, e Tai parece bem mais amigo que amante. Se tivessem deixado o sexo de fora desse livro, não sentiria falta. Até pq o destino de Tai era outro e a forma como a Mia 'se desprendeu' dele no final me deixou meio chateada a confusa.
      Enfim, estou em julho e adoro essa série. É daquelas pra passar o tempo e não esperar muita coisa do enredo mesmo, rs.
      Bjos!

      www.umdiamelivro.com.br

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D