• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] Simplesmente o Paraíso - Quarteto Smythe-Smith #1 de Julia Quinn

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: Simplesmente o Paraíso
    Autor(a): Julia Quinn
    Editora: Arqueiro
    Gênero: Literatura Estrangeira / Romance Época
    Páginas: 272
    Ano: 2017
    Compre: Amazon
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Honoria Smythe-Smith é parte do famoso quarteto musical Smythe-Smith, embora não se engane e saiba que o dito quarteto carece sequer do menor sentido musical e tem esperanças postas que esta seja a última vez que se submeta a semelhante humilhação. Esta será sua temporada e com um pouco de sorte conseguirá um marido.
    Durante um jantar, põe seus olhos em Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton. Sabe que não está apaixonada, mas ele parece uma opção mais que válida.
    Marcus Holroyd é o melhor amigo do irmão de Honoria, Daniel, que vive exilado na Italia. Ele prometeu olhar por ela e leva suas responsabilidades muito seriamente. Odeia Londres e durante toda a temporada, permaneceu vigilante e intermediou quando acreditava que o pretendente não era o adequado.
    Honoria e Marcus compartilham uma amizade, pouco atípica, fruto dos anos que se conhecem e que o torna parte da família.
    Entretanto, um desafortunado acidente faz que ambos repensem sua relação e encontrem a maneira de confrontar o que surge entre eles, se tiverem coragem suficiente.
    Honoria Smythe-Smith é uma das integrantes do quarteto Smythe-Smith, esse é o pior quarteto que já existiu. Sua família tem essa tradição a anos, as moças da família fazem parte do quarteto até se casarem e todas torcem para se casarem o mais rápido possível. Honoria respeita a tradição da família e até se sente honrada em participar dela, mas ela sabe como todas tocam muito mal. Ela está em busca de um marido e até cogitou a possibilidade de se casar com Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton, Honoria sabe que não está apaixonada por ele, mas ele é um ótimo partido. O que ela não sabia é que o destino estava preparando outro par para ela.

    Marcus Holroyd conhece Honoria desde pequena, ele é o melhor amigo de Daniel, irmão de Honoria. Daniel precisou fugir do país e deixou Marcus na incumbência de vigiar Honoria para que ela não arrume um péssimo marido. Marcus está fazendo o seu papel muito bem, já enxotou alguns cavalheiros que só queria o dinheiro de Honoria e a está vigiando. Mas seu plano em determinado momento vai dar errado e ele irá perceber que ele não está fazendo isso só pelo amigo e sim porque ele tem interesse em Honoria.

    Inclinou-se para a frente, tomou o rosto dela entre as mãos e capturou sua boca em um beijo apaixonado. Honoria se sentiu arder, então derreter e quase evaporar. Teve que se controlar para não rir alto de tanta alegria e se ergueu na ponta dos pés para tentar chegar mais perto.

    Comecei a ler esse livro com grandes expectativas. Amo os livros da Julia Quinn e esse não foi diferente. Honoria e Marcus são personagens cativantes. Honoria é a caçula da família e nunca teve a atenção dos irmãos por eles serem bem mais velhos, ela sempre sonhou em ter uma família com muitos filhos e um marido que ela possa respeitar e amar. Depois que seu irmão saiu às pressas sua mãe se tornou uma pessoa fechada e triste e com isso Honoria ficou mais sozinha. Ela tem suas primas e esse é o momento que ela mais se diverte.



    Marcus sempre foi um menino solitário, sua mãe faleceu e seu pai nunca estava em casa. Ele foi criado por sua governanta e o único amigo que teve foi Daniel. Marcus considerava a família de Daniel a sua família. Ele passava mais tempo na casa dos Smythe-Smith do que na sua própria casa. Ele não tem senso de humor, é bem fechado e assusta as pessoas, mas por baixo de toda aquela rudeza está um homem que quer ser amado e que precisa de uma companheira.

    Marcus Holroyd era um ótimo partido.
    Não que ele fosse muito bonito, porque não era… não exatamente. Os cabelos tinham uma bela cor escura, os olhos também, mas havia algo em seu rosto que Honoria achava bruto.

    Após Marcus sofrer um acidente causado por Honoria, ele fica entre a vida e a morte e é aí que Honoria se aproxima mais dele. Ela e sua mãe vão para casa de Marcus para cuidar dele e Honoria fica desesperada com a possibilidade de perdê-lo e passa muito tempo no quarto dele e em meio as noites em claro eles se conhecem melhor e o amor acontece.

    Eu gostei muito como a história foi conduzida, damos algumas risadas principalmente com as primas de Honoria e em alguns momentos ficamos apreensivos com o que possa acontecer com Marcus. A história não tem grandes segredos e nem muita ação. Ela flui de forma calma e conforme os fatos vão acontecendo vemos o amor entre os dois nascer e se tornar forte.

    A única coisa que me incomodou foi o final. Achei que foi bem rápido e pouco explorado. Na minha opinião a autora poderia ter terminado o livro de uma forma diferente e mais emocionante. Mas isso não tira nem um pouco a graça do livro e eu amei o tempo que passei com os personagens.

    A edição da Arqueiro está incrível. A capa tem um toque aveludado e vemos algumas notas musicais de forma bem sutil. A diagramação é simples, as folhas são amareladas e fonte do tamanho ótimo para leitura. A revisão está impecável.

    Estou ansiosa para ler os outros livros da série e conhecer mais personagens incríveis.


    9 comentários :

    1. Oi, tudo bem?

      Eu preciso ler este livro, amo os livros da Julia Quinn, já terminei a série Os Bridgertons e agora preciso de mais livros da autora para me apaixonar. Espero ler os livros muito em breve.

      ResponderExcluir
    2. A Julia escreve super bem! e tenho personagens dos Bridgertons é bem legal porque mata a saudade deles
      www.byanak.com.br

      ResponderExcluir
    3. Adorei sua resenha, já ouvi muito falarem dessa autora mas confesso que agora que me interessei realmente, rs.

      estantedakahofc.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    4. Oi Su (porque sou abusada e me sinto íntima das blogueiras, ha).
      Amo a Julia diva QUEEN. Assim, não tenho dúvidas de que seja um quarteto excelente. Amo as capas e esse box tá um escândalo de lindo.
      Imagino que a história seja tão boa quanto você disse. Um dia a gente conversa sobre ele, já que logo eu lerei.
      Bjsss

      ResponderExcluir
    5. Ola, seu blog é lindo!
      Nunca li nenhum livro da Julia Quinn, apesar de amar obras de tempos passados, mas vou começar por essa serie que recomendou!
      Dica super anotada, espero poder conversar com você sobre minha opinião futura do livro hahaha
      Bjs

      ResponderExcluir
    6. Bacana a autora continuar suprindo suas expectativas. O fato de a história não ter muita ação e segredos, só mostra o quanto a autora sabe conquistar e cativar seu público, mesmo algo tão linear ela é certeira.

      ResponderExcluir
    7. Eu ainda não li nada da autora, apenas a minha colaboradora, mas quem sabe um dia, neh? Adorei a resenha Suh!

      ResponderExcluir
    8. Olá, apesar de não ser o meu gênero de leitura favorita, sua resenha é esclarecedora e aponta todos os pontos importantes para tornar a leitura impecável. Tenho amigas que gostam deste gênero, com certeza indicarei ^^

      ResponderExcluir
    9. Oi.
      Eu sou fã da Julia, e quero conferir essa nova série. Vou relevar a ressalva do final corrido e me atentar mais aos detalhes da narrativa, já que adoro personagens cativantes e leitura fluida.

      Até mais!!
      Leituras da Paty

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D