• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] Rafani - Quando esquecer é uma necessidade de Sinéia Rangel

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: Rafani
    Autor(a): Sinéia Rangel
    Editora: Coerência
    Gênero: Drama / Erótico / Literatura Brasileira
    Páginas: 446
    Ano: 2017
    Compre: Loja da editora
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Bon vivant e cafajeste assumido, Sam Allencar cultiva três paixões: mulheres, sexo e vinho. Complicações nunca foram parte da sua vida, tudo o que deseja está ao alcance das suas mãos.
    Até que o seu caminho se une ao de uma desconhecida.
    Uma mulher com um passado marcado por traumas e uma vida construída sobre segredos e mentiras, que aprendeu ainda criança que o sentimento mais confiável é o medo, é ele que a mantém viva.
    Ele não sabia o que estava em jogo, até que estivesse irreparavelmente envolvido.
    Ela não sabia como contar a verdade, até que fosse tarde demais.
    Incompatíveis desde o início, mas será que o amor pode curar um passado de dor?
    CONTÉM CENAS DE VIOLÊNCIA SEXUAL E PEDOFILIA.
    NÃO HÁ ROMANTIZAÇÕES DESTES TEMAS.

    Sam Allencar é um homem de 25 anos e que chama a atenção por onde passa. Ele fica com todas as mulheres que quer e não tem vergonha de admitir que é um mulherengo. Apesar de viver essa vida de liberdade, Sam não iludi nenhuma das mulheres com quem tem uma relação, todas que ficam com ele sabe que é um caso momentâneo. Mas por causa dessa vida de pegador ele se vê em apuros após ter ficado com quase todas as madrinhas de casamento da sua irmã e pasmem, pois, foi tudo no mesmo dia.

    Minha vida, minhas regras. A primeira delas é que a única regra, verdadeiramente importante, é viver o momento. Levo a sério esta regra, sou um bon vivant, apaixonado pelas mulheres, por todas elas.

    Tentando se safar da ira da sua irmã Mel, ele acaba entrando no vestiário do restaurante que estava e se depara com uma mulher linda de olhos multicoloridos. Sam logo joga seu charme para a mulher, mas nada do que ele fala a faz se render ao seu encanto e nem o nome dela ele consegue. Isso mexe muito com ele e faz com que Sam faça de tudo para conquista-la.

    Você é uma equação que não consigo resolver, a única merda de equação que me fez perder o sono, porque não sei o que diabos fazer pra ter mais tempo com você.

    Rafani é uma mulher de 35 anos, ela tem dois filhos, trabalha como garçonete em um restaurante e teve uma vida muito difícil. Todos os homens que se aproximaram dela foi para maltrata-la. Ela não sonha em ter um amor e tem medo de se aproximar de qualquer homem, mas isso não faz com que ela seja fraca. Ela luta pela sua vida e de seus filhos e faz de tudo para dar o melhor para eles. Quando Rafani vê aquele garoto no vestiário, não imagina que ele iria mudar a sua vida e que a partir daquele dia nada seria como era antes.

    Lendo o resumo que fiz parece um livro de romance comum e muito clichê, mas vocês estão redondamente enganados. Esse livro é totalmente diferente das histórias que já li. Aqui nos vemos a realidade nua e crua de uma pessoa que já passou as maiores atrocidades que poderia acontecer. Fiquei mais emocionada ainda por saber que a autora tem uma certa experiência em tudo que escreveu e isso me doeu. Mas a história não é só tristeza e coisas pesadas.

    Ver Sam e Rafani se conhecendo foi a coisa mais linda. Ele é um cara super bacana e de princípios, honesto e muito carinhoso. Por ser mais novo que Rafani a gente pode achar que ele não é maduro suficiente para assumir as responsabilidades que implicava esse relacionamento, mas conforme ia lendo mais me apaixonava por ele. Sam é o homem que qualquer mulher quer ter e a história deles é uma das mais bonitas que eu já li.

    Tenho muito a agradecer, fui mais feliz nos últimos meses do que em toda minha vida, ele pode não ser capaz de curar o meu corpo, mas curou a minha alma e serei eternamente grata por tê-lo conhecido, por ter me apaixonado e sonhado que poderíamos ser uma família; havia muito tempo que não sabia o que era sonhar.Meu erro foi esquecer que na minha história não há espaço para um final feliz.

    Gostei da forma como a autora abordou os temas polêmicos. Pedofilia e abuso sexual é uma das piores coisas que pode acontecer ao ser humano e a autora soube descrever as cenas com a maior naturalidade e leveza. Nada na história foi pesado e absurdo. Ela soube passar a mensagem que queria de uma forma coerente e sucinta.

    Além dos personagens principais a autora desenvolveu uma história paralela com outros dois personagens que foi Bárbara e Murilo. Eles são um casal super fofo que me emocionou. Toda vez que vinha os capítulos deles ficava ansiosa para saber o que iria acontecer e como eles iriam resolver os seus problemas, torci muito pela felicidade deles.


    O livro é recheado de personagens lindos e que fazem muita diferença na história. Amo livros que tenham personagens secundários e que são amigos de longa data. Sabe quando você pode contar com aqueles amigos e que eles lutam as suas batalhas? Nessa história eles existem e vão ajudar o casal em tudo que eles precisarem.

    O final para mim foi lindo e não podia ter terminado de outra forma. A autora soube conectar todas as pontas soltas e dar o fim que todos os personagens mereciam. Fiquei super satisfeita quando finalizei a última página do livro e confesso que poderia ficar lendo por dias mais sobre eles.

    Agora vou falar da edição que a Coerência fez, está lindíssima. A capa não podia ser melhor. A diagramação está muito bem elaborada e de ótima qualidade. As folhas são amareladas. A fonte do tamanho ótimo para leitura. Os capítulos são narrados na visão dos personagens Rafani, Sam, Bárbara e Murilo. Deu para ver que a Editora Coerência fez o livro com todo o capricho e amor.

    Super recomendo esse livro a todos que amam histórias impactantes, que vão fazer você refletir, se apaixonar e nunca mais esquecer desses personagens.
     

    1 comentários :

    1. Suh, obrigada por falar de Rafani com tanto carinho, ler a sua resenha me deixou extasiada, porque você captou a essência da narrativa e transmitiu com muita clareza e emoção. Obrigada! <3

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D