• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] A Dor Inspira de Marcela Carvalho

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: A Dor Inspira
    Autor(a): Marcela Carvalho
    Editora: Coerência
    Gênero: Auto-ajuda / Literatura Brasileira
    Páginas: 300
    Ano: 2017
    Compre: Site da Editora
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Alícia eventualmente é uma boa garota, 18 anos, carioca, cheia de planos, sonhos, tem uma personalidade única, acredita ser várias em uma só. Desde nova enfrentou diversos obstáculos na vida, começando pela separação de seus pais que mudou sua vida drasticamente. Convive e enfrenta o bullying no colégio onde estuda por longos anos, no entanto, conhece pessoas incríveis que fazem com que ela se sinta viva e feliz. Aos 15 anos, recebe uma oportunidade de emprego fora do Brasil, começa então uma viagem inesquecível, onde conhece Troy seu novo “amor”, a situação ideal para o início de uma ilusão. Embora esteja entusiasmada, seja determinada, encontra-se preocupada com os dias vindouros. Ela relata suas aventuras com amigos e grandes perdas inesperadas. Além do mais, um mar de reflexão irá se abrir em sua mente, após se aprofundar nas aventuras amorosas e de uma amizade que trouxeram decepções dolorosas que significavam muito para ela, mas também que traz uma experiência de tirar o fôlego e de inspirar quem já sofreu por um "amor". Sofreu bastante para tornar quem se tornou, acreditar ou não na possibilidade de tornar sonhos em realidade mediante tantos momentos de perdas e dor ? Mas ela acredita que toda a dor foi especial, pois a dor era uma contribuição para o seu amadurecimento pessoal e que ela não é ruim, mas que nos torna melhores do que possamos ser e nos fazer enxergar a vida de uma maneira extraordinária, pois a dor é a inspiração para amar os bons momentos e ultrapassar os momentos ruins de cabeça erguida acreditando em dias melhores, sempre.

    Alicia é uma menina de 18 anos e que foi criado pela sua mãe, pois seus pais são separados. Nesse livro ela conto toda a sua história até chegar aos 18 anos. Sua vida não foi nada fácil já que sua mãe não ganhava muito e elas priorizavam as necessidades, isso sempre machucou Alicia pois ela via as amigas saindo e comprando coisas e ela não podia fazer. Alicia não culpava a mãe pela situação que viviam, mas aquela tristeza sempre ficava.

    Vemos como Alicia é dada a dramas e tristezas, ela via a dor como uma forma de aprendizado. Cada capítulo ela contava um fato que havia ocorrido e divagava sobre tudo que sentiu e aprendeu sobre ele. Para mim o livro acabou se tornando uma autoajuda já que quase não há diálogo e sim muitas explicações e divagações.

    Aproveitar a vida e viver sonhos não é necessário, é essencial, eles se vão num piscar de olhos, ou podem ir em um soprar de um vento, na calada de uma noite ou em uma manhã chuvosa, até mesmo com o sol batendo em sua janela.

    Algumas partes da história achei cansativa e isso me fez demorar a ler o livro. Achei a personagem bem pessimista e até entendia quando ela dizia que a dor era uma forma de tirar lições positivas, mas por ela bater muito nessa tecla dava a entender que a vida dela só tinha isso.

    Os pontos positivos desse livro é que as situações abordadas pela autora são reais e a cada página que eu lia pensava “poxa, isso podia acontecer comigo”. A personagem é bem verdadeira e bondosa, sempre que seus amigos precisavam ela ajudava sem questionar.

    Permita-se sonhar, a vida é baseada em sonhos, sonhe mais, custa caro, dói, mas uma vida movida por sonhos e não por problemas é uma vida vivida. Não desista, um coração e uma mente sábia só escolhe o que lhe faz bem, se você tem um sonho e é sábio, lute por ele.

    Adorei ver que no final do livro a personagem amadurece e consegue alcançar a vida que ela deseja. Foi muito bom vê-la feliz e se amando. Conseguimos ver uma menina totalmente diferente daquela que começou contando a história.


    A edição está muito linda. A capa é fabulosa. A diagramação muito bem elabora. As folhas são amareladas. A fonte ótima para leitura. O livro é narrado em primeira pessoa.

    Recomendo esse livro a todos que amam uma história recheada de drama, emoção, superação e aquele toque de realidade.


    0 comentários :

    Postar um comentário

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D