• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] Mais Lindo Que a Lua - Irmãs Lyndon #1 de Julia Quinn

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: Mais Lindo que a Lua
    Autor(a): Julia Quinn
    Editora: Arqueiro
    Gênero: Romance de Época / Literatura Estrangeira
    Páginas: 272
    Ano: 2018
    Compare e Compre: Buscapé
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Considerada "a rainha dos romances de época" pela Goodreads, Júlia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos.
    Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.
    Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
    Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
    Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

    Victoria Lyndon era a filha do vigário e sempre sonhou em ter uma família. Ela perdeu a mãe muito nova e passou a cuidar da criação de sua irmã. Victoria adorava se banhar no lago próximo a sua casa e foi em uma dessas manhãs que ela conheceu Robert. Ao se olharem os dois se apaixonaram à primeira vista.

    Robert Kemble, é filho do conde de Macclesfield. Ele tem uma posição muito privilegiada na sociedade e por isso precisaria de uma esposa a sua altura, mas Robert não se importava com isso, ele acreditava em amor e foi por isso que assim que bateu os olhos em Victoria sabia que havia encontrado a sua esposa.

    Ela significara tudo para ele. Tudo. Ele lhe prometera a lua e estava sendo sincero. Ele a amara tanto que teria dado um jeito de puxar aquela esfera do céu para lhe entregar em uma bandeja, se ela quisesse.

    Durante dois meses Robert cortejou Victoria e estava disposto a pedir a sua mão em casamento. Mas o vigário, pai de Victoria, não acreditava nas boas intenções de Robert e proibiu Victoria de aceitar o seu pedido de casamento. Já o pai de Robert não aceitava que a esposa de seu filho fosse a filha do vigário e desaprovou o casamento. Os dois vendo que não tinham a aprovação dos pais, decidiram fugir para se casarem escondido. Só que na noite da fuga várias coisas deram errado e muitos mal entendidos ocorreu entre o casal e o que era para ser uma linda história de amor se tornou um pesadelo e tanto Victoria quanto Robert saíram magoados.


    Passados sete anos Victoria se tornou preceptora e cuidou da educação de alguns meninos e meninas da alta sociedade, ela odiava o seu trabalho, mas não tinha outra forma de se sustentar. E foi numa dessas casas onde ela trabalhava que Victoria encontrou Robert. Os dois se viram inundados de raiva, saudade, mágoa e desejo. Através de tantos sentimentos, muitas confusões vão acontecer até que o casal resolva os problemas do passado.

    Ele sentiu o coração disparar e teve de procurar se lembrar que não gostava dela, que só queria seduzi-la e arruinar sua vida.

    Assim que comecei a ler o livro já me vi encantada com a história. Ver um amor ingênuo e genuíno acontecer entre o casal foi lindo. Robert é um homem que fala o que pensa, é sentimental e muito amigo, ele ama a ciência e é muito organizado. Já Victoria é inocente, meiga, carinhosa e muito pé no chão, apesar de sonhar em ter uma família ela nunca deixou de entender que eles eram de mundos diferentes e que enfrentariam obstáculos para ficarem juntos. Para mim os personagens foram bem realistas e cativantes.

    A história é envolvente e fluída, não demorei mais que dois dias para ler o livro, isso porque tive que parar em alguns momentos. Mas garanto que se pudesse ler direto tinha acabado no mesmo dia. Achei que a autora pois os dramas na medida certa e não enrolou para resolver os problemas do casal. Nesse livro não há vilões tentando separar o casal, apesar de os pais não concordarem, foi a série de mal entendidos que fez com que o casal não ficasse junto logo no início da história.

    – Você me deu a lua, Robert. Não, fez mais do que isso. Você me pegou e me levou até ela. E então eu caí. E doeu demais quando aterrissei.

    Como sempre me apaixonei pelo livro e pelo desenvolvimento da história. Me vi encantada como tudo se encaixava e no momento certo a autora foi abrindo os olhos do casal. Confesso que até agora não entendi porque alguns leitores não gostaram tanto assim do livro. Nada nele me desagradou, vou confessar que de todos que li da autora até agora esse é o que mais gostei. Me surpreendo que conforme vou lendo mais livros da Julia, mais eu me apaixono pela sua escrita e seus personagens. Cada livro é uma evolução.

    Falando da edição, a capa está linda e retrata bem a história. A diagramação é simples, mas muito bem feita. As folhas são amareladas. A fonte do tamanho ótimo para leitura. O livro é narrado em terceira pessoa. O material usado no livro é de ótima qualidade.

    Recomendo esse livro a todos que curtem Romance de Época, com personagens cativantes, uma bela história de amor e um final lindo.


    0 comentários :

    Postar um comentário

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D