• Home
  • /
  • Sobre
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Entrevistas
  • /
  • Desafio
  • /
  • Contato
  • [RESENHA] Borboletas na Janela de Sinéia Rangel

    Resenha por: Suelen Fernandes
    Título: Borboletas na Janela
    Autor(a): Sinéia Rangel
    Editora: Coerência
    Gênero: Drama / Romance / Literatura Brasileira
    Páginas: 350
    Ano: 2018
    Compre: Loja Editora | Amazon
    Adicione: Skoob
    Nota
    Sinopse: Miguel Barcellar não esperava que o passado fosse invadir seu escritório, vestindo uma saia lápis, saltos Luiz XV, batom carmim e com um segredo que mudaria a sua vida.
    Cinco anos atrás ele tornou-se pai. Em alguma parte do mundo, havia um filho que ele nunca conheceu, um garoto que foi entregue para adoção logo após o nascimento.Leon cresceu entre abrigos e lares temporários, até que conheceu Elena. Histórias de vidas parecidas, criou-se um vínculo de irmãos e uma promessa: nunca se abandonarem. E quando essa promessa parece impossível de ser mantida, o destino faz a sua mágica. Pai e filho se encontram.
    Uma família conta a sua história. E as borboletas voam.

    Miguel Barcellar é um advogado bem renomado e que recentemente pegou uma causa de assédio sexual, seu cliente alega que a tal vítima na verdade era sua amante. Miguel achando que podia amenizar a situação pede uma reunião com a outra parte desse processo, mas a sua maior surpresa foi saber que a tal vítima nada mais era Laura, a sua ex-namorada.

    Laura e Miguel tiveram um relacionamento de 10 anos com muitas idas e vindas. Laura é uma mulher egoísta e que só faz a sua vontade, ela não é sentimental. Seu relacionamento com Miguel era puro sexo, mas para Miguel era mais que isso. Ele tem uma obsessão por ela e mesmo sabendo que esse relacionamento faz mal, não desiste e acaba se entregando a essa relação doentia.

    Sinto o meu estômago doer, e apesar da fome, sei que não é esse o motivo, é uma dor diferente, um vazio diferente, maior e mais profundo.

    O problema disso tudo é que no meio tempo que Laura foi embora para Nova York largando Miguel no Brasil, ele arrumou uma namorada chamada Larissa. No começo a semelhança de Larissa com Laura foi que chamou a atenção, mas depois Miguel viu que Larissa era totalmente diferente da sua ex. Esse relacionamento já tinha 2 anos e Miguel já pensava em pedir Larissa em casamento, mas quando Laura aparece tudo muda.

    Miguel não teve o amor da sua mãe biológica, ele foi criado pelo seu Pai Davi e por Carol que é a mulher de seu pai e sua mãe do coração. Quando Silvia, sua mãe biológica, aparece ele fica revoltado e tenta desabafar com Laura. Mas ele leva um choque quando ela revela que teve um filho seu em Nova York e que deu o menino para adoção. Miguel sempre teve sonho de ser pai e isso foi a gota d’água para que esse relacionamento acabace de vez. Agora Miguel parte na luta para procurar o seu filho e vai contar com a ajuda de Larissa, que se mostra uma mulher forte, determinada e de bom coração, ela será o seu alicerce para enfrentar essa barra.


    Leon é um menino de 10 anos, ele não conheceu seu pais biológicos e os pais adotivos acabaram falecendo quando ele tinha 5 anos, mas ele não sabe disso. O que Leon sabe é que seu destino é ficar em abrigos e lares temporários, mas ele se cansa dessa vida e acaba decidindo morar com outros meninos órfãs numa casa abandonada. Durante a sua estadia nos abrigos ele conhece Elena, que é uma menina linda, amorosa, bondosa e que sonho em poder um dia encontrar a sua mãe. Diferente de Leon, Elena teve a sua mãe, mas ela morreu e não tinha família para poder ficar com Elena, por isso ela foi para os abrigos. Leon e Elena fazem uma promessa de nunca se separarem. Será que eles vão conseguir manter essa promessa?

    Lar é onde mora o coração, e se o meu estava me trazendo para cá, deveria significar algo.

    Depois de perder as esperanças de encontrar a sua família, Leon passa por uma situação difícil, mas ao mesmo tempo é ela que vai mudar a sua vida para sempre. O menino descobre que tem um pai que está disposto a cuidar dele. Só que isso vai vir como uma bomba e ele não vai aceitar tão fácil.

    Leon carrega muitas feridas, a maioria delas, ele suturou sozinho, outras ainda queimam, escondidas por baixo de cascões. Todavia, nenhuma se compara a ferida que estou vendo se formar sob a sua pele. Ver Elena doente foi o que o fez arriscar a sua liberdade para salvá-la. Vê-la morrer vai arrastá-lo para uma caverna sombria. Não sei se consigo resgatá-lo de lá.

    Falar desse livro sem dar spoilers é muito difícil. Deixe algumas coisas nas entrelinhas desse resumo para que você tenha uma noção de como a história vai caminhar. Mas outra coisa que é difícil é descrever o que senti ao ler esse livro. Demorei um tempo para vir escrever está resenha, porque estava digerindo tudo que vivi com esses personagens.

    Logo de cara eu achei que a história se tratava de um triângulo amoroso e não gostei nada, nada das atitudes de Miguel. O achei um fraco e que gostava de sofrer. Mais ainda odeie Laura, essa mulher é o capeta e não tem um pingo de coração. Já Larissa me cativou logo de cara, já nas primeiras páginas deu para ver como ela era diferente e que tinha um coração de ouro.

    Toda a história é cheia de reviravoltas, você não sabe o que vai acontecer na próxima página. Eu fiquei apreensiva e apesar de ter uma ideia do que iria acontecer no final, isso não foi motivo para deixar de dizer que a história é surpreendente. Teve momentos em que prendi a respiração, em outros eu chorei, outros eu ri e em muitos suspirei. Foi um mix de sentimentos que não dá para descrever. Só lendo o livro para entender tudo que essa história provoca no leitor.

    Quero que você pare de fugir. Quero você tenha uma família. Quero que você corra tão rápido que será como estar voando e os seus pais vão estar ao seu lado, cuidando para que você não se machuque. E vou estar te olhando e sorrindo, de onde eu estiver.

    O que posso dizer a vocês leitores é que o livro está recheado de mensagens para passar. Vemos um pai lutar para conquistar o amor do seu filho, o amor de dois irmãos que se escolheram, o amor de uma mãe por duas crianças que mesmo não tendo saído dela são a melhor coisa que aconteceu em sua vida, vemos uma amizade tão forte nascer que nem o tempo vai destruir e conhecemos o amor entre homem e mulher que é mais forte do que todos os problemas.

    E uma coisa que não posso deixar de falar é da edição desse livro. A Editora Coerência arrasou mais uma vez, a começar pela capa que está perfeita e expressa incrivelmente a história. A diagramação está um arraso e eu fiquei de queixo caído quando vi. As folhas são amareladas. A fonte do tamanho ótimo para leitura. O livro é narrado na visão de Leon e Miguel.

    Borboletas na Janela é mais um dos livros que se tornou o meu favorito, eu nunca vou esquecer os personagens e sempre vou me lembrar do que senti ao ler essa história. Por isso peço com todo o meu coração que vocês deem uma chance a esse livro e se apaixonem por esses personagens, tenho certeza que o tempo que vocês vão passar conhecendo essa história não será um desperdício e que todas as mensagens contidas no livro vão ficar guardadas para sempre em seus corações.


    4 comentários :

    1. Suuuh, que resenha maravilhosa!!!
      Obrigada por ter aberto o seu coração para receber essa família, obrigada por ter vivenciado essa história ao lado deles. Amei <3

      ResponderExcluir
    2. Oi, Tudo bom?
      Nossa que livro incrível, para ser sincera eu já havia visto foto desse livro e comentários positivos, contudo essa foi a primeira resenha que li e fiquei mega empolgada para ler ele, adorei.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    3. Caramba, essa história me parece tão forte. Acho que qualquer obra que trate sobre abuso precisa sim ser falada e propagada, mas nessa obra em especial as coisas caminham de maneira diferente, né? Só o seu pedido me deixou com o coração mole entao certamente irei ler.

      ResponderExcluir
    4. Su lindona gostei de saber das mensagens que a autora trás no livro, pelo visto a história prende a atenção do leitor com as reviravoltas. O fato de alguns personagens irritarem muito me deixa com pé atrás com a leitura em contratempo amo livros com reviravoltas. Dica anotada. beijos

      Joyce
      Livros Encantos

      ResponderExcluir

    Olá! Comente sobre o post acima :)
    Estou muito grata por você visitar o Era uma vez o... Livro
    Volte sempre! :D